jump to navigation

O som silencioso das lágrimas históricas por trás da música dos violinos 30/01/2014

Posted by DVH Advogados in Uncategorized.
trackback

O que você acha?

Fraternidade São Luchésio e Buonadona

01Nem discursos oficiais, nem mensagens particulares, mas apenas uma carta pessoal para o amigo de sempre, o rabino de Buenos Aires, Abraham Skorka. Foi assim que o papa Francisco quis manifestar a sua proximidade ao povo judeu nesta Jornada da Memória. No texto, escrito de próprio punho em espanhol e que será lido hoje à noite no Parco della Musica, em Roma, durante o concerto “Violinos da Esperança”, Bergoglio confia ao amigo o seu horror pela tragédia do Holocausto, que ele estigmatiza como uma “vergonha da humanidade”.
O papa faz votos de que todos os participantes no evento musical desta noite, organizado para recordar as vítimas do Holocausto, “se identifiquem com essas lágrimas históricas, que hoje chegam até nós através dos violinos”, e sintam “o forte desejo de se comprometer para que nunca mais se repitam tais horrores, que são uma vergonha para a humanidade”.
Indo além das melodias de…

Ver o post original 236 mais palavras

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: