jump to navigation

Criminalização da política 04/03/2014

Posted by DVH Advogados in Uncategorized.
trackback

A reflexão

Um instante

Recentemente o jornal El País relatou que a organização separatista basca ETA, buscava colocar no mercado negro internacional as armas que ainda restavam. Como bem sabemos, armas são como eletro domésticos, ficam ultrapassadas, suas espoletas enferrujam, e com o passar do tempo, antes que se tornem quinquilharias vendê-las é a solução. Lembramos que o grupo irlandês IRA também se livrou de parte das suas neste mercado. Por conta do descrédito da luta armada com fins meramente políticos, isto é, terrorismo visando obter concessões pela violência, prospera no mercado negro de armas a mistura entre criminosos e terroristas, que no fim das contas, ficamos sem saber quem é quem. Na Colômbia, as FARC por seu envolvimento em atividades criminosas e grande arsenal militar, caso venha concluir um acordo com o governo deste país, a entrega segundo especialistas, será abaixo do inventário exigido. Isto, porque uma parte provavelmente seria rateada por membros…

Ver o post original 114 mais palavras

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: