jump to navigation

Com um leve gosto de água do mar 19/10/2015

Posted by DVH Advogados in Uncategorized.
trackback

Para refletir

Cientistas bebendo cerveja na hora do trabalho? Só se for uma cerveja com mais de 170 anos…

A bebida do brinde foi encontrada junto a destroços de um navio, afundado entre 1800 e 1830, no mar Báltico. Os cientistas acreditavam que esta era a cerveja mais antiga do mundo que ainda seria “bebível”. Mas após todo esse tempo submersa, a mais de 50 metros da superfície do oceano, a água do mar acabou entrando na garrafa…

Segundo o blog Hype Science, “Se fossem encontradas células de levedura vivas, seria possível replicar a cerveja. Entretanto, elas não sobreviveram a 50 metros abaixo da superfície no mar. Isso não aconteceu com as bactérias ácido-lácticas, que foram encontradas no interior da garrafa. Essas bactérias, utilizadas na fabricação da cerveja, acrescentam o gosto amargo da bebida.”

Cerveja salgada não é das minhas favoritas…

Ver o post original

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: